FOLCLORE – PLANTAS MEDICINAIS

As crenças e tradições são passadas de geração em geração, os costumes, o modo de viver, o time de futebol, a religião, tudo isso, geralmente, se forma na pessoa através da influencia de seus ancestrais, até mesmo aquele bolo que sua mãe faz só porque a bisavó dela deu a receita, ou aquele remédio com várias plantas medicinais feito pelo seu avô, que cura qualquer tipo de doença, e que segundo ele o mesmo era feito pelo seu pai. Muitas vezes essas crenças são tão fortes e convincentes que acabam, realmente, surtindo efeitos positivos, mesmo sem nenhum efeito comprovado como é o caso de tratamentos apenas com plantas medicinais.  Muito antes dos portugueses chegarem ao Brasil, os índios já conheciam e  praticavam a medicina popular. Na Medicina Popular, o indivíduo é analisado sob os aspectos básicos da sua saúde de seu corpo e de seu espírito,pois algumas doenças podem ser espirituais, como por exemplo o “mal olhado”. Na prática da medicina popular utiliza-se três formas para tratar as pessoas que são: as plantas medicinais, as simpatias e as rezas. Podem ser empregadas juntas ou separadas, e em alguns casos, tendo a necessidade da figura das “benzedeiras”. O conhecimento indígena também muito apurado contribuiu com a grande maioria de Plantas para serem utilizadas como medicamento.São varias as maneiras de utilizá-las, em chás, garrafadas, xaropes, cheiros e defumadores, em banhos e em banhas. A grande maioria das pessoas de uma comunidade conhece e usa as plantas medicinais, são conhecimentos sempre transmitidos dentro de uma família,especialmente entre as mulheres .No preparo do remédio é comum a classificação como: remédio fino, remédio fresco e remédio quente. REMÉDIO FINO: Provoca transpiração excessiva, por isso o doente não pode se molhar na água fria de chuva ou banho. Remédios finos: Gendiroba (torrada e moída) tomada sem dieta, é boa para dores de cólica e de estômago, Guiné (raiz na pinga) boa para dor e reumatismo, Alho (chá) contra dor de dente. REMÉDIO FRESCO ou FRIO: O remédio fresco, chá fresco, refresca o corpo por dentro. Cura mau-estar da vista, dos rins, fígado e intestino. Remédios frescos: açafroa, quina, quebra-pedra, salsa, jalapa, picão, poejo, peroba rosa, tiuzinho, limão, folha de abacate, água-da-colônia (raiz), cipó-de-São-João (raiz), pimenta malagueta, tomate, limão e caju. 
REMÉDIO QUENTE: O remédio quente põe a doença e o calor para fora do corpo. Usado nas doenças Sarampo, febre, catapora, coqueluche, bexiga, gripe, asma, e outros. Remédios quentes: carro santo, pimenta-do-reino, raiz de fedegoso, cravo, amendoim, alfavaca, unha danta, sabugueiro, gengibre, agrião, hortelã, limão (assado), laranja tanja, levante, anador da farmácia e outros. Alguns destes são remédios finos. O remédio quente incomoda o fígado, os rins e o intestino.CHÁ MEDICINAL: É uma das maneiras mais utilizadas das Plantas Medicinais.O Chá consiste na infusão em água quente da folha,fruto,casca,raiz,flor,graveto,ou qualquer outra parte da planta com o intuito de retirar seu extrato com o qual se mistura a água resultando no chá.
Abaixo alguns chás muito utilizados na farmacopéia popular:
Alcaçuz: chá de Alcaçuz há 3000 anos trata das doenças dos chineses. O alcaçuz é uma planta cuja raiz adocicada permite um chá com ação diurética, laxante, expectorante e calmante. Funciona como antiinflamatório, acalma a dor e é um poderoso antialérgico.
Indicado como chá para :inflamações do ventre; inflamações de vias urinárias;  Calmante de dores e combate a cárie dentária.Preparo e uso:Infusão da raiz do alcaçuz podendo ser tomado quente ou em doses diárias frias em dosagens normais.Alecrim:O Alecrim é uma poderosa erva que mantém em sua constituição o poder de um chá fortíssimo contra hipertensão , anti-reumático, diurético etc., e ainda, quando feito um  caldo forte de suas flores e folhas torna-se um excelente anti-séptico de pele e estimula o crescimento capilar.Indicado para :  como chá –  esgotamento cerebral; tênue depressão; distúrbios.intestinais;dismenorréia; colecistite crônica e dores reumáticas. 

Remédios Populares
Remédios Populares: Existem outros produtos que não são plantas ou que se misturam a elas para formar alguns Remédios Populares, estes Remédios podem ser associações de ervas a material animal,ou apenas o material de origem animal,ou ainda Remédios que não têm origem nem animal nem vegetal e é muito difundido nos meios rurais.Veja alguns:
Banhas: São um tipo de Pomada da medicina popular é a gordura de alguns bichos,como por exemplo :1.Banha de jibóia :muito utilizada para combater o reumatismo.2.Banha de capivara: para coceira nos peitos.3.Banha de canela de Ema : para surdez.4.Banha de galinha : para cicatrizar pequenas feridas e tumores.5.Banha de jacu(espécie de ave): tratamento da asma e asma6.Banha de porco: para desinflamar o nariz e, derretida na pinga, cura embriaguez.7.Banha de traíra(espécie de peixe)cura dor de ouvido.
Existem ainda outros tipos de Remédios, que não são oriundos de animais:
Cordão Umbilical : em alguns locais ele é guardado e usado para remédio,como chá é usado contra epilepsia. Cinza de lenha(do fogão): Também bastante utilizado diluído na água para dor de barriga oriunda de gazes .Remédio: riscado de cinza de fornalha. Beber a água e passar a borra em cruz no umbigo. Na maioria dos locais o remédio sempre acompanha a reza. 
Leite Materno: Usado como colírio.Pedra do Bucho (formada no estômago dos ruminantes): É usada, entre outros, contra a lepra (no Vale do Jequitinhonha.MG). Rapé :Pó de fumo de rolo acrescentado a outros produtos,que é inalado para desobstruir as narinas em caso de resfriados.Asma: Remédio contra asma: Toma-se três raízes de erva cidreira(socadas) e três casas de “Maria Barreira”( tipo de um marimbondo ). Depois de tudo fervido e coado, tomar o chá.

   As plantas medicinais podem ser preparadas utilizando-se diversas formas:

cataplasmas (preparação de uma espécie de pomada para uso externo, de uso tópico)decocção (fervura para dissolução das substâncias através de ação prolongada da água ou calor);inalação (combinação de vapor d’água com substâncias voláteis das plantas aromáticas);infusão (modo tradicional de preparação dos chás);maceração (a substância vegetal fica em contato com álcool, óleo, água ou outro líquido para dissolver o princípio ativo) ;sumos ou sucos (espremidos em pano, triturados em liquidificador ou pilão, podendo ser adicionada água ou não);vinhos medicinais (preparações para dissolver as substâncias vegetais em vinho puro);poções (soluções onde são agregados xaropes, tinturas, extratos ou outros ingredientes);torrefação (utilizando-se o fogo para retirar a água e modificar algumas propriedades da planta);ungüento e pomadas  (preparado através da mistura do suco, tintura ou chá da planta medicinal com vaselina ou lanolina).xarope (preparações dissolvendo-se a substância da planta em açúcar e água aquecidos, obtendo-se o ponto de fio).

 Abaixo estão relacionadas, em ordem alfabética, algumas plantas medicinais com seus nomes populares e suas indicações terapêuticas:

  

Labacate – a casca é vermífuga e anti-hemorrágica; o caroço ralado é um tonificante do couro cabeludo e o chá das folhas é indicado para problemas renais;abóbora (jerimum) – vermífugo, especialmente indicado para a taeníase (tênia); (verminose);agrião – infecções das vias respiratórias, antianêmico e digestivo;alfavaca – antigripal, diurética e hipotensora. As sementes são usadas contra blenorragia;alho roxo – dores de dente, cólicas, flatulência, asma e prisão de ventre;andiroba – o óleo das sementes friccionadas é usado para bursites e nevralgias, funcionando também como repelente de insetos;arnica (erva lanceta ou rabo de rojão) – serve para pancadas, contusões;babosa – o sumo das folhas é usado como xampu anti-caspa, combate à queda de cabelos e para lavar feridas, úlceras, eczemas e hemorróidas;boldo – digestivo, antitóxico, combate a prisão de ventre e é usado também nas febres intermitentes;camomila – antiespamódica, antinevrálgica, digestiva, combate urticárias e inflamações de garganta;cabacinha – utilizada em infusão para o combate a sinusite. O chá é abortivo.capim-santo – tranqüilizante, usado também contra as diarréias e a hipertensão;carrapicho – o chá das folhas serve para combater diarréias e problemas renais;cidreira – o chá é calmante e faz bem ao estômago e combate a diarréia;eucalipto – o chá combate a febre e a inalação serve para sinusite e broquite;erva-doce – tranqüilizante, antiespamódico, afrodisíaco e diurético;fava – a infusão das folhas usadas para banhos e emplastos é usada contra impetigo;goiaba – o chá dos brotos novos serve para combater a diarréia;graviola – o chá das folhas é usado contra o diabetes;hortelã – é antiespamódica, atua contra vômitos, combate enxaquecas;ipecacunha – o chá da raiz combate anginas, úlceras e sífilis. O lambedor é usado contra a gripe;jabuticaba – gargarejo com a casca do fruto cozido serve para afecções da garganta;jurubeba – desintoxicante e combate os males do fígado;louro – o chá das folhas é usado contra reumatismo e nevralgias;manjericão – o chá com leite é sedativo da tosse;maracujá – tanto as folhas como o fruto são calmantes;mastruço – expectorante, antiinflamatório e o chá serve para cólicas;melancia – diurético;mulungu – o chá é indicado para bronquite, asma, febre e problemas hepáticos, e o banho com a infusão da casca é calmante e combate a insônia;pau-brasil – a infusão das folhas é indicada para o combate ao diabetes;pitanga – o chá das folhas é antitérmico;quebra-pedras – o chá é antitóxico e diurético, sendo indicado para a diluição de cálculos renais.romã – a infusão da casca do fruto é antitóxica e digestiva, tendo também ação antiespamódica;unha-de-vaca – indicada para combater o diabetes.


Fonte:https://professoramarly.wordpress.com/2007/08/19/folclore-medicina-popular-e-plantas-medicinais/ http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/index.php?option=com_content&id=627&Itemid=1http://www.portaleducacao.com.br/medicina-alternativa/artigos/50492/plantas-medicinais-folcloricas

Obrigado pela sua participação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.