MAIS DE 757 REPRODUÇÕES NO PODCAST MANIA DE HISTORY.ESCUTE, APRENDA, SIGA E COMPARTILHE.


Curta este programa… MANIA DE HISTORY https://open.spotify.com/show/74XnqR19x1kmz864h8iJYh?si=XSyVYMZoSVu9VHlkQIDvIQ&utm_source=native-share-menu&dl_branch=1

100 ANOS DE CELSO FURTADO | PROF. DR. CLÓVIS CAVALCANTI


O DESMONTE DO ESTADO BRASILEIRO E DA DEMOCRACIA | PROF. DR. MICHEL ZAIDAN E O MINISTRO RICARDO BERZOINI


BREVE HISTÓRIA DO SALÁRIO MÍNIMO NO BRASIL


ECONOMIA E FINANÇAS

O salário mínimo é o menor salário que uma empresa pode pagar para um funcionário.
Ele é estabelecido por lei e é reavaliado todos os anos com base no custo de vida da população, sua criação foi feita com base no valor mínimo que uma pessoa gasta para garantir sua sobrevivência.

História do Salário Mínimo

O salário mínimo foi criado no século XIX na Austrália e na Nova Zelândia.

No Brasil o salário mínimo surgiu no século XX na década de 30, com a promulgação da Lei de nº185 em janeiro de 1936 e decreto de lei em abril de 1938.
No dia 1º de Maio o então presidente Getúlio Vargas, fixou os valores do salário mínimo que começou a vigorar no mesmo ano.
Nesta época existiam 14 salários mínimos diferentes, sendo que na capital do país, o Rio de Janeiro, o salário mínimo correspondia a quase três vezes o valor do salário mínino no Nordeste.
A primeira tabela do salário mínimo tinha um prazo de vigência de três anos, mas em 1943 foi dado o primeiro reajuste seguido de um outro em dezembro do mesmo ano.
Os aumentos eram calculados para recompor o poder de compra do salário mínimo.

Algumas falhas no Brasil

Embora o valor mínimo seja estabelecido por lei, vários trabalhadores não recebem nem a um terço do valor do salário mínimo, isso se deve a exploração feita por alguns empregadores

Fonte: Brasil Escola

MICHEL ZAIDAN – IMPERDÍVEL!


– Agora com Lula no jogo. Exibição simultânea pelo YouTube.

Quem é Michel Zaidan?

Graduou-se em Filosofia pela Universidade Católica de Pernambuco em 1974, obteve o título de Mestre em História pela Universidade Estadual de Campinas – Unicamp em 1982 e o título de Doutor em História Social pela Universidade de São Paulo – USP em 1986. Professor dos departamentos de História e Sociologia da Universidade Federal da Paraíba – UFPB entre 1975 e 1986. Atualmente, é professor do Departamento de História da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE.